Certame irá oferecer 45 vagas no cargo de Analista Judiciário da área de TI nas regiões do Distrito Federal e Tocantins.

Foi aprovado pela Comissão do Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara de Deputados o Projeto de Lei (PL) 7927/14 que se refere à criação de 45 vagas para a carreira de Analista Judiciário da área de Tecnologia de Informação (TI) para o Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, que abrange o Distrito Federal e Tocantins.

Desta forma, este é mais um atrativo para quem almeja seguir a carreira pública no Tribunal. Para concorrer à oportunidade, o candidato deve ter nível superior na área de informática ou graduação superior em qualquer curso acompanhado de pós-graduação na área de Tecnologia de Informação. A remuneração para o cargo de Analista no TRT 10ª Região corresponde a R$ 8.803,97.

Porém, o projeto ainda está em tramitação e falta ainda ser analisada por meio da Comissão de Finanças e Tributação e da Comissão de Constituição e Justiça. O último concurso realizado pelo Órgão ocorreu em 2012 e foi organizado pelo Cespe/Unb. O certame ainda está dentro do prazo de validade.

Que tal conferir algumas dicas de estudo para o TRT 10ª Região?

Durante o estudo é fundamental que você mantenha o foco. Procure fazer provas que tenham o conteúdo parecido. Não perca tempo atirando para todos os lados.

Faça um planejamento organizado. Coloque metas de estudo que devam ser cumpridas diariamente com revisões e a resolução de muitos exercícios. Por meio da realização de exercício, o candidato pode fixar o conteúdo e conhecer o estilo de cobrança da banca organizadora.

Estude em um ambiente tranquilo e com boa iluminação. Durante o estudo, não perca tempo acessando redes sociais ou verificando o celular. Deixe para fazer isso após concluir os seus estudos. Saber ter foco e aproveitar o tempo é fundamental para a sua classificação.

Não desista até conseguir a aprovação no concurso que almeja. Você é capaz de conseguir qualquer coisa.

Boa sorte e bons estudos!

Divulgadas informações a respeito do Imposto de Renda

Muitas pessoas já estão procurando informações a respeito do Imposto de Renda 2022. Esse tributo, que preocupa muitos brasileiros, especialmente os que devem fazer a declaração, existe desde 1922 no modelo atual. O Imposto de Renda 2022 é o nosso assunto de hoje. Não deixe de acompanhar!

O que é Imposto de Renda 2022?

É possível que muitas pessoas que estão lendo essa matéria agora não saibam exatamente o que é o Imposto de Renda, apenas estão acostumadas a fazer a declaração e ouvir falar sobre o assunto.

Se você é uma dessas pessoas, é hora de entender melhor sobre o Imposto de Renda. É seu dever como cidadão se manter bem informado a respeito dos tributos existentes no país, portanto, não deixe de acompanhar as explicações a seguir – seremos breves e logo já falaremos sobre o Imposto de Renda 2022 e quem deve declarar o mesmo.

O Imposto de Renda, também chamado de imposto sobre rendimento ou imposto sobre renda é um tributo que existe não somente no Brasil, mas em quase todos os países do mundo. Os contribuintes, ou seja, aqueles que se encaixam no grupo dos que devem declarar o IRPF 2022, são obrigados a pagar uma porcentagem da sua renda para o Governo.

Em outras palavras, anualmente, o Governo determina o valor mínimo de rendimentos para que o brasileiro seja obrigado a declarar o IRPF 2022. Se ele receber acima desse valor mínimo, entende-se que houve uma nova riqueza produzida por ele, seja por capital e/ou fruto de trabalho, e então uma alíquota (porcentagem) deve ser aplicada sobre essa renda. Essa porcentagem vai para o Governo.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2022?

Como dissemos, o valor mínimo para declaração Imposto de Renda 2022 é ajustado anualmente. Porém, dependendo do cenário da economia, o Governo pode optar por não ajustar esse valor.

Desde 2015, a tabela de Imposto de Renda não vem sendo corrigida pelo Governo, ou seja, o valor não se alterou desde então.

Ainda não sabemos se haverá correção na tabela do Imposto de Renda 2022, mas o que sabemos por enquanto é que:

  • Pessoas que ganham até R$ 1.903,98 por mês não precisam fazer a declaração do Imposto de Renda;
  • Pessoas que ganham de R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 pagam uma alíquota de 7,5%;
  • Pessoas que ganham de R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05 pagam uma alíquota de 15%;
  • Pessoas que ganham de R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 pagam uma alíquota de 22,5%;
  • Pessoas que ganham acima de R$ 4.664,68 pagam uma alíquota de 27,5%.

Como é possível observar, quanto maiores os rendimentos, maiores as alíquotas, ou seja, quanto mais você ganhar, maior será a parcela deduzida do seu IR (paga ao Governo).

Assim que forem divulgadas novas informações sobre o Imposto de Renda 2022 e suas novas faixas de isenção e alíquotas, atualizaremos essa matéria para você se informar.

O Imposto de Renda 2022 deve ser declarado anualmente. Para obter mais informações, acesse o site oficial da Receita Federal clicando aqui.

Consulta a tabela de valores de impostos veiculares está disponível

Já está visível para consultar a tabela e o valor cobrado pelo Detran RJ para pagamento. Deve se pagar até o dia marcado nas tabelas de vencimentos, segundo o final de placa dos veículos terrestres.

Em seguida ao período de vencimento da inicial parcela ou da cota exclusiva com redução, o colaborador não pode dividir ou realizar a liquidação com desconto. Para praticar jus ao parcelamento, o colaborador deve fornecer o pagamento da inicial parcela no dia do vencimento e recolher seu valor integral.

Caso de liquidação em partes, o mesmo deve ser recolhido nos vencimentos, não será admitido as inversões das duas últimas parcelas. O colaborador do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) poderá calcular com diversas agências de atendimento, com informações gerais, e outros para temas especiais na Capital. Clicando aqui.

Passo 1) Acessando o ambiente da SEF/SP, na opção “IPVA”;

Passo 2) A pág. traz vários aplicáveis de envio do Extrato ou da Guia de Arrecadação, até mesmo o link para a emitir da Guia de IPVA;

Passo 3) Clicar no link “Consultar”. Este serviçal deixa emitir a Guia de Arrecadação de IPVA;

Passo 4) Avisar o código do RENAVAM do veículo que fazer parte do documento de registro, sem ponto e hífen. Exemplo: RENAVAM = 123456789

Passo 5) Optar o Exercício para aquele que desejar gerar a guia de arrecadação

Passo 6) Clicar em “Consultar”.

Constituirá a Guia de Arrecadação do IPVA que poderá ser impressa pelo colaborador.

Dicas para imprimir

Para impressão clique no link “Imprimir esta consulta”. Que o guiara até a página de impressão, onde que você vai poder receber a impressão clicando na tecla de impressão do navegador.

Chances de participar do reality show da rede globo

Votação BBB22 Enquete: Cezar e Rafael – Quem deve sair? Confira aqui a votação e resultado parcial (porcentagem de votos)

E com tudo o Big Brother Brasil 2021 vai pra mais um paredão. Dessa vez, quem deve sair da casa? Vote abaixo na votação enquete BBB21 e contribua para que possamos mostrar um resultado parcial mais verdadeiro.

Enquete BBB22 Votação: Cezar e Rafael? Quem vai sair? Veja a porcentagem!

Veja o site e se informe mais sobre a votação e inscrição do BBB.

Vote abaixo na Votação BBB22 e em seguida, veja o resultado parcial da votação do paredão. Vale lembrar que essa votação não é oficial, serve como uma pesquisa para saber quem está mais próximo de sair. Vote e veja o resultado em seguida!

Cézar para Tamires: “Tinha planos de te conhecer melhor”

Cézar e Tamires conversavam sobre o quase relacionamento entre eles no BBB. “A gente realmente se afastou, mas eu te acho uma pessoa boa. Acho que você tem as mesmas qualidades. Só que você foi uma pessoa que se afastou. Viu um problema e não conseguiu resolver. E o meu sentimento em relação a você, como mulher, mudou. Eu estava me envolvendo com você. Agora não estou mais. Pra mim acabou o assunto”, disse Tamires ao brother.

“Eu sempre falei com você sobre sentimento em relação a ser humano. Independe se ficar ou não. Eu não vim aqui para achar mulher. Não é um programa de encontro de casais. Se o sentimento for implacável e houver a possibilidade de necessariamente ter continuidade lá fora… Eu não dissocio a vida lá de fora daqui”, justifica Cézar.

O paranaense ainda continua: “Em relação ao relacionamento, o tempo todo fui sincero e transparente contigo. Isso não muda de um tempo para outro. Estava com muita expectativa. Tinha planos de te conhecer, conhecer sua família, filha. Falava em tom de brincadeira, mas é o mais profundo sentimento. Você tem todos os caracteres de uma pessoa que eu quero para a minha vida”.

MEC divulga o edital da próxima edição de Exames

Em breve o MEC – Ministério da Educação divulgará o edital da próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2021.

O edital do exame estabelece todas as datas e regras do exame, inclusive a respeito dos Documentos Enem 2021.

Ainda que as datas de realização do exame não tenham sido divulgadas é possível fazer uma previsão do cronograma, tomando como base as edições anteriores.

As inscrições do Enem 2021 estarão disponíveis em maio, quando os estudantes interessados deverão acessar o para efetuar inscrição.

As provas serão aplicadas provavelmente em novembro, já que 2020 é um ano eleitoral, com eleições municipais realizadas em outubro.

São dois dias de prova Enem:

– No sábado os estudantes devem resolver, em quatro horas e trinta minutos, 90 questões de múltipla escolha, sendo 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e 45 de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

– Já no domingo serão cinco horas e trinta minutos de prova para resolver 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, 45 de Matemática, além da redação (Veja as melhores dicas para a Redação do Enem 2021).

Antes mesmo de entrar na sala de provas é necessário apresentar documento oficial com foto aos aplicadores/fiscais.

  • Veja também: Apostila completa de Matemática para o Enem!

Você sabe quais são os documentos Enem 2020? Vejam abaixo quais serão aceitos e como proceder em caso de perda dos mesmos.

Documentos para o Exame

São válidos os seguintes documentos:

  • Carteira de Identidade ou RG, emitida por Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério das Relações Exteriores para estrangeiros;
  • Identificação fornecida por Ordens ou Conselhos de Classe, que por lei tenham validade como documento de identificação;
  • Carteira de trabalho e Previdência Social;
  • Certificado de Reservista;
  • Passaporte; e
  • Carteira Nacional de Habilitação com foto.

Em caso de perda dos documentos de identificação, o candidato ainda sim poderá participar do exame. Para tanto deverá apresentar o Boletim de Ocorrência com data de, no máximo, 90 dias antes da data da prova. Em breve traremos mais dicas para a prova. Continue se preparando e boa sorte!

Geo-RH

“Então você dá (vai dar) aula?” Atire a primeira pedra o graduado (ou estudante) de Geografia que nunca foi indagado com essa pergunta!

Ainda que a licenciatura e a educação marquem fortemente a formação dos geógrafos no Brasil (fazem parte da nossa história), o bacharelado oferece um amplo leque de oportunidades que vão muito além da sala de aula. Elas dependem tanto do currículo mínimo obrigatório estabelecido pelos departamentos de Geografia, os quais, graças à autonomia universitária, podem oferecer “geografias” muito diferentes umas das outras, quanto da vontade do estudante de investir na sua preparação profissional fazendo disciplinas em escolas vizinhas, como a Geologia, a Arquitetura, as Ciências Sociais e muitas outras.

Sendo assim, não é raro encontrar estudantes de bacharelado no final do curso ou mesmo recém-formados sem saber como entrar no mundo do trabalho. Como está o mercado? Quais atribuições preciso dominar? Que software preciso conhecer? Qual pós-graduação devo procurar? Por outro lado, também não é difícil achar quase licenciados ou jovens professores dizendo que “dar aula é para poucos” ou que “é preciso muito amor” para viver numa sala de Geografia. Estas são apenas algumas questões e inquietações que acabaram dando origem ao Geo-RH.

Criado por Lucas Mello e Luiza Gontijo em novembro de 2012, o Grupo de Facebook Geo-RH começou como uma brincadeira entre licenciados e bacharéis em Geografia de Belo Horizonte. Ambos os criadores eram chamados pelos amigos em comum de “RHs” (Recursos Humanos) da Geografia por estarem sempre compartilhando oportunidades de trabalho e formação para colegas na rede social. No entanto, o boca-a-boca virtual e as conexões pessoais dos amigos dos amigos fizeram com que o grupo crescesse rapidamente e em pouco tempo: 1000 membros em meados de janeiro.

O grupo conta agora (01/08 – 22:20) com 2139 membros de várias partes do Brasil e até de outros países, que procuram estágio, o primeiro emprego, mudar de empresa, um novo curso de pós-graduação ou apenas acompanhar a dinâmica do mercado geográfico. São licenciados, bacharéis, licenciados e bacharéis em Geografia e outros profissionais afins em vários níveis de formação: do calouro universitário ao pós-doutor professor de Universidade Federal.

As publicações do Geo-RH são moderadas com rigor para evitar spammers e a criação de tópicos desligados do objetivo principal do grupo, que é o compartilhamento de oportunidades de trabalho e formação para Geógrafos (licenciados E bacharéis), mas as caixas de comentários são livres como todo fórum virtual aberto deveria ser. Nesse sentido, discutimos entre vários assuntos a atualidade da legislação que regula o Geógrafo (de 1979), sua participação nos Conselhos Regionais (CREAs), a criação das Associações Profissionais (APROGEOs), a exclusão dos mesmos de muitos editais de concursos públicos, a desvalorização dos professores nas redes públicas e privada, e, obviamente, temas clássicos como as dicotomias Geografia Humana versus Geografia Física e Bacharelado versus Licenciatura. Respostas concretas à tantos problemas ainda não foram dadas, mas, até agora, o sistema tem dado certo.

Portanto, se você é estudante, graduado, pós-graduado ou apenas gosta de Geografia, conheça o Geo-RH! Estamos abertos 24 horas por dia para a sua participação. Seja bem-vindo e ‪#‎poste1vaga‬.